Num mundo real cada vez mais assustador e onde as relações humanas entre si e os discursos parecem a cada dia mais radicais e polarizados, a poesia emerge como um elixir, capaz de suavizar essa tragédia social.
Mais ainda: aquela poesia feita com regras e enquadramentos, rimas e com uma lógica em suas sílabas poéticas, onde se destaca o soneto e todas as suas variáveis de composição, parece reverberar mais na sociedade de hoje, tão presa a formatos e caixas, procedimentos e padrões.
E ao mesmo tempo em que se encaixa, se rebela no conteúdo. E quanto mais se encaixa, mas disruptiva é, pois impele ao leitor que se subleve da forma para se concentrar no conteúdo. E quando isso acontece, o soneto se transforma numa inesgotável fonte de lira e melodia, quebrando assim o que há de radical no agora.
Não seria poesia se assim não fosse.
Além disso, esta obra pretende ser um resgate cultural desse tipo mais formal de poesia a cada dia mais escasso no nosso planeta, desde os áureos tempos dos séculos XVIII e XIX até hoje.
É como salvar um animal em extinção, mas um animal que não é de carne e osso, mas sim de ideias, sentimentos e palavras.
Salvem as baleias, e salvem os sonetos!
 

SonetATO

REF: LIVEMASN01
R$ 35,00Preço
  • Eduardo Maciel é um artista plural e, na literatura, busca promover o resgate cultural dos sonetos em seus 20 tipos diferentes.
     

  • icone-facebook
  • icone-instagram
  • icone-twitter

Sevai 2021 Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Acrônimo Estúdio

JMV Editora - CNPJ 30.223.419/0001-73 - Rua Professor Pedreira de Freitas, 1384 - Tatuapé, São Paulo - SP,  CEP: 03312-052