Entrevista com a autora K. M Stephen


A paulista K.M Stephen vive no interior de São Paulo com seu esposo e seus pets, pelos quais tem um enorme amor. Pedagoga por formação e apaixonada pela literatura, resolveu dar vida às suas próprias histórias, dividindo seu tempo entre a escrita e a leitura. Autora contemporânea, trata de temáticas sérias com leveza e bom humor em suas obras, as quais estão disponíveis na Amazon, entre elas: Mia – Um amor de DJ, Os Herdeiros, Ayla Vol. 1 e Angel Vol.2 (Série Irmãos Maia), e o thriller Até que a Verdade Seja Revelada.


Quem é K. M Stephen? O que podemos esperar em suas histórias?

Sou uma autora contemporânea que por meio da escrita, compartilho o que meus personagens me contam. Romances com cenas hot, desenvolvimento das relações profissionais e familiares, uma dose de drama, e às vezes uma pitada de suspense, depende da obra escolhida para leitura.

Qual foi a sua maior inspiração no começo da escrita?

Eu sempre li bastante, mas nunca me imaginei envolvida com a escrita. Quando “despertei” foi ao ler e-books de autores nacionais na Amazon e até no Wattpad. Não foi um em específico, foram vários que me impulsionaram diretamente e indiretamente.

Quando percebeu que escrever era o que mais te alegrava? Desde a infância, eu já sentia uma satisfação enorme em escrever histórias completas nos meus diários e cadernos.


Se pudesse juntar três personagens de histórias diferentes, quais seriam e qual o gênero desse livro? Não vale Frankenstein.

Ficção, Fantasia, Policial. Hercule Poirot (sou apaixonada por Agatha Christie) está em uma investigação no fim de uma festa. Um crime sanguinário, com corpos destroçados no que parecer ser ataque animal. Poirot resolver fazer perguntas para alguns convidados entre eles, dois chamam sua atenção, Edward Cullen e Drácula.


Qual é o seu coadjuvante favorito? E se ele fosse o protagonista, o que mudaria na história que faz parte?

Gente, eu não sou boa em escolher opções, de verdade haha. Mas em geral, pegando qualquer história e mudando um personagem pelo protagonista, tudo muda. As lutas dele vão mudar, a motivação, as dores, vontades, etc.


Qual sua opinião sobre ghostwriter? Se recebesse uma proposta, qual seria sua atitude?

Se eu recebesse uma proposta para ser ghostwriter, acho que não aceitaria. Por ser algo muito pessoal, creio que seria muito complicado trabalhar em uma obra diferente da minha imaginação.


Você tem algum ritual de escrita só seu?

Resumo a minha rotina em: Sentar na frente do computador com café, água, papel e caneta (gosto de anotações), e os fones para as horas infinitas de músicas e escrita.


Qual livro desperta memórias de sua infância? Por que?

"Menina bonita do laço de fita" é um livro que me marcou muito na infância.


Qual seria a trilha sonora ideal para os seus livros?

Depende muito do livro, cada um tem sua playlist de acordo com o gosto musical do personagem.


Se você pudesse escrever um livro com outro autor(a), quem seria?

Eu nunca me imaginei escrevendo com outro autor, nunca pensei que receberia algum convite, na verdade haha.


Algum livro já te deixou com o coração apertado por alguns dias?

Que escrevi? Sim, fiquei em uma ressaca quando finalizei Angel, o livro 2 da Série Irmãos Maia. Como leitora, muitos me fazem pensar quando finalizo o livro, mas não ao ponto de atrapalhar o meu ritmo de leitura.


Se você ficasse presa(o) numa ilha e pudesse escolher três livros, quais seriam? Nossa, que difícil. Não sei, acho que não conseguiria escolher rapidamente. Mas ia torcer para ficar presa com livros enormes haha


Qual a sua expectativa para a Sevai 2021? Apresentar mais do meu trabalho e passar um tempo agradável com autores e leitores em uma troca de experiências e boas leituras.


Você pode acompanhar o trabalho de K. M Stephen em seu Instagram e encontrar seus livros na Amazon.


4 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo